sexta-feira, março 04, 2016

ROUBALHEIRA, CONFUSÃO E INCERTEZA...

Estamos diante de uma grande confusão no país. Pode observar. Tudo é confuso. Ninguém tem certeza de nada. Por exemplo, alguém tem certeza de que haverá processo de impeachment da Presidente Dilma? Alguém pode afirmar com certeza de que as investigações sobre o SÍTIO DE ATIBAIA e o TRIPLEX DO GUARUJÁ levarão a uma condenação do ex-Presidente Lulla?
Outra dificuldade é saber quantos são os ladrões que roubaram a PETROBRÁS. Alguns nomes foram lançados, principalmente daqueles que foram presos: o Doleiro Alberto Youssef (este nome lembra alguém?), os Diretores da Petrobrás, Nestor Severó e Paulo Roberto Costa, Pedro Barusco, o Tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, além de outros que ultrapassa o número de cem. Mas, por enquanto, o numero final ainda não foi estabelecido e não será tão cedo.
Mas, o que importa, então? Meus amigos, minhas amigas,é com muita tristeza que escrevo aqui minha opinião, infelizmente, com toda sinceridade. Estamos dentro de um "furacão". O Brasil atravessa uma crise que é só dele. Foi o Governo brasileiro que montou a crise. E Para não dizer que estou proferindo "falácias", a prova está aqui: o PIB brasileiro em 2015 não cresceu. Pior, caiu! A queda foi de 3,8% (três inteiros e oito décimos por cento).  Em números absolutos, o PIB (a riqueza total de todos os brasileiros) em 2015 registrou a cifra de R$ 5.904.000.000.000,00 (cinco trilhões e novecentos e quatro bilhões de reais). Se você for diligente e pesquisar junto ao IBGE, verificará que o PIB de 2014 foi de R$ 5,521 trilhões. então, poderá pensar que como o valor de 2015 foi de R$ 5,904 trilhões, houve um crescimento e não um recuo. Ocorre que o país registrou uma inflação oficial de 10,87% (dez inteiros e oitenta e sete centésimos por cento), o que significa que aquele número de 2014 deve ser corrigido: assim, 5.521 x 1,1087 = 6.121 trilhões. A diferença, portanto, representa uma "queda", que indica que o país não cresceu. E isto já havia acontecido em 2014, ou seja, o Brasil não cresceu também. Assim, dois anos sem crescimento,com um agravante de que em 2016 houve uma queda.
Em 2016, com as atenções voltadas para os problemas políticos (roubalheira, prisões de políticos, possível cassação do mandato do Deputado Eduardo Cunha (Presidente da Câmara dos Deputados), possibilidade de processo investigatório contra Rena Calheiros (Presidente do Senado), possibilidade de impeachment da Presidente Dilma, Lulla querendo se candidatar em 2018, os analistas já estão dizendo que a situação poderá ser ainda pior. Quer dizer, a queda poderá ser maior do que a que registramos em 2016. 2017 será um ano para enfrentamento da crise (crendo-se que as questões políticas estejam mais ou menos resolvidas). E aí, o país, teoricamente, voltaria a crescer em 2018. Mas, espera, 2018 será ano de eleição para PRESIDENTE! Será que vamos ver tudo recomeçar?
Como se já não bastasse a "roubalheira", que causou tanta indignação das pessoas de bem, chegando o Jurista Walter Maierovitch a declarar que a "Lava Jato" teria revelado UMA REPÚBLICA DE LADRÕES, como se já não bastasse tudo isto, o Governo brasileiro (PT) nos brinda com uma grande confusão, pois quase todos os cabeças do Partido já foram presos (Tesoureiro, ex-proprietário, Líder no Senado), faltando bem poucos dos chefões (Dilma, Lulla, Rui Falcão - Presidente), e essa grande confusão nos leva a uma grande incerteza.
Quem poderá responder com certeza o que acontecerá no decorrer desses quatro anos com o Brasil(até 2019, pós eleição 2018)? Ninguém será capaz de dizer com certeza o que acontecerá. Então, o que fazer? Cruzar os braços? Entregar os pontos? Pular da ponte?
Não. Cada brasileiro deve mostrar agora que é superior a tudo isto. Que é superior ao PT. Que pode viver sem o PT. Que é capaz de cumprir um papel na sociedade, exercendo seus direitos e cumprindo suas obrigações. O Juiz Sergio Moro está fazendo sua parte. Vamos fazer a nossa! Vamos pras ruas, vamos trabalhar, arregaçar as mangas e produzir. Somente a produção poderá fazer com que saiamos da incerteza, que muita gente chama de "crise". Faça o seu trabalho. Se não tiver trabalho, invente um. Seja criativo. Nós podemos. Essa crise é só do Brasil, por pura incompetência do Governo. Vamos mostrar que o brasileiro é maior que isto e é muito mais competente do que o Governo.
Está bem. Pode gritar: "Fora PT!", "Fora Lulla!", "Fora Cunha!", "Fora Renan!". Mas, não se entregue. Experimente o gostinho da participação política, protestando, mas, cumpra sua obrigação de trabalhar. e trabalhe muito mais e com mais alegria daqui pra frente. Os culpados serão punidos. O Juiz Sergio Moro não está sozinho! Grande parte da Justiça está com ele. E temos outras operações em andamento, como a "Zelotes" (investigação da compra de MEDIDAS PROVISÓRIAS - Meu Deus! Um presidente da República vendendo medidas provisórias, vendendo leis! É como se você vendesse sua própria mãe! Vendendo a Pátria!). Além da Zelotes, temos um processo de cassação da "chapa" de disputa eleitoral da Presidente Dilma e do Vice Michel Temer tramitando no TSE - Tribunal Superior eleitoral. Há esperanças aqui,também, pois o Ministro Gilmar Mendes vai presidir o Tribunal a partir de Maio e ele já viu que o PT não presta. Ele já chamou o PT de "corja"e não poderá ser impedido de julgar, pois o processo já está pronto. É só uma questão de tempo.
Porque, se não for...

Nenhum comentário: